Reconstrução Multiligamentar

Lesões multiligamentares são lesões que acometem dois ou mais dos quatro principais ligamentos do joelho: Cruzado Anterior, Cruzado posterior, Colateral medial ou Colateral lateral.

Podem também acometer os cantos póstero-lateral e póstero-medial, que são conjuntos de estruturas que contribuem para a estabilização do joelho e que raramente são lesionados de forma isolada, sem que se tenha o acometimento associado do Ligamento Cruzados Anterior ou posterior.

Sinais

  • Dor na articulação do joelho;
  • Inflamação;
  • Restrição ou diminuição da amplitude de movimento;
  • Rigidez articular;
  • Fluido na articulação;
  • Rangido ou crepitação durante o movimento.
Cuidados Pós-Operatório

  • Ficar de repouso, evitando aplicar qualquer tipo de peso na perna por, pelo menos, 4 dias;
  • Manter a perna elevada acima do nível do coração por 2 a 3 dias, para diminuir o inchaço;
  • Aplicar uma bolsa gelada na região do joelho várias vezes ao dia, durante 3 dias para aliviar o inchaço e a dor;
  • Tomar os medicamentos receitados pelo médico no horário correto, para manter a dor bem controlada;
  • Normalmente, precisará de muletas para se locomover durante alguns dias;
  • Após, mais ou menos, uma semana, deverá iniciar sessões de fisioterapia para tratar as dores e a movimentação do joelho;
  • O retorno às caminhadas e corridas pode ser feito com cerca de 30-45 dias depois da operação. Atividades físicas e esportes que exigem mais esforço do paciente, devem aguardar um período maior antes de serem retomados.
Dúvidas Frequentes

Definida por acometimento do Ligamento Cruzado Anterior + Ligamento Cruzado Posterior + pelo menos um dos Ligamentos Colaterais. Sendo majoritariamente advinda de traumas, traz grande déficit funcional.

O tratamento cirúrgico é o atualmente o mais recomendado na maioria das lesões ligamentares, com resultados significativamente superiores ao conservador.

A reconstrução por artroscopia do Ligamento Cruzado Anterior e do Ligamento Cruzado Posterior em detrimento da reparação destes mesmos é o recomendado na maioria dos estudos mais recentes.

Atualmente, as causas mais comuns de LMJ são os acidentes de viação, seguidos das lesões em contexto desportivo.7 São muito mais comuns no sexo masculino, com a maioria dos estudos a apontarem para proporções na ordem dos 75%.